quinta-feira, agosto 4

A MULHER DE DEUS

Por: Sérgio Luiz Brandão


Paz, da parte de Deus nosso Pai e de Jesus Cristo nosso Senhor e Salvador.
Dias atrás fui perguntado sobre o texto de 1 Coríntios 14:34 - 40.
Reproduzo, abaixo, o texto da resposta, lembrando que faz parte e acrescenta ao texto constante no site blue.lord (que voltará em breve) sobre na questão de mulher ter liderança em igreja.
Assunto referente mulher, na Bíblia, não pode ser considerado conforme o mundo diz, mas, conforme Deus diz, senão, o desvio e perdição serão certos, basta ver o que acontece nos dias de hoje, nas casas e nas igrejas que se dizem evangélicas.
O Deus da glória seja eternamente louvado.
Paz do Senhor Jesus, para você e sua casa.



Eis o texto da resposta:
O texto por si só já diz, depende de aceitar ou não, e sabemos as grandes manobras que se faz sobre ele para que não seja interpretado como é. Além do texto já dizer o que pretende, importante acrescentar a dimensão real do que está sendo considerado conforme a Palavra e verdade do Pai e do Senhor, o nosso Salvador.
1 Coríntios 14:
"34 - As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei.
35 - E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja.
36 - Porventura saiu dentre vós a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós?
37 - Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor.
38 - Mas, se alguém ignora isto, que ignore.
39 - Portanto, irmãos, procurai, com zelo, profetizar, e não proibais falar línguas.
40 - Mas faça-se tudo decentemente e com ordem."
Gênesis 3:16, diz: "E à mulher disse: Multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua conceição; com dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará."
Quem quer verdadeiramente servir a Deus em amor e temor, não pode ver as condutas e posturas dos homens e mulheres conforme o mundo vê e julga. Quando o assunto é homem e mulher, se é crente, busca na Palavra de Deus a verdade eterna e nela deseja sinceramente andar.
É comum, conforme o mundo diz, alegar que, se o homem está acima da mulher, é machismo. Esse julgamente é conforme o entendimento do mundo, conforme razão e compreensão humana.
Se traçar paralelo a partir dessa forma de "raciocínio" humano falível, e trouxer para a Bíblia, estaria dizendo, também, que Deus Pai e o Senhor Jesus são machistas, prepotentes e que submetem as mulheres à situação de inferioridade com humilhação. Seria dizer que o Senhor Jesus e sua esposa, a igreja, se relacionam com machismo da parte do Senhor, uma autoridade de dominador ditador, sem amor.
O apóstolo Paulo e outros momentos bíblicos trazem a mulher como a figura da Igreja, o Corpo de Cristo, do qual o Senhor é o cabeça, ou seja, o governo do Corpo, o que rege o Corpo. São figuras de verdades eternas. Essas verdades eternas são vividas pelo que foi criado e gerado.
Sara, mulher de Abraão é a alegoria da igreja livre, que vive pelo Espírito de Deus e tem em si todas as verdades eternas ocultas em mistérios reais pela interpretação revelada da Palavra de Deus (alegorias, figuras, sombras das coisas futuras), enquanto que, Hagar, representa a igreja escrava, a Jerusalém terrena, judeus, que vive da lei do Velho Testamento e interpreta as Escrituras pela letra, seguindo o que a letra diz à risca. Gálatas 4:21 - 31.
Sem o Espírito de Deus não se entende além da letra da lei, que é segundo a doutrina dos judeus e, o entendimento fica no limite da compreensão de homem natural.
As famílias dos patriarcas mostram como é a vida do crente. Não pelos rituais, mas, pela ordem de estrutura em amor e temor a Deus.
Eva, a mulher de Adão, representa, como alegoria, a igreja, aquela que caiu do céu em rebelião, os anjos que deixaram a presença da glória de Deus e seguiram Satanás.
Eva, é figura da rebelião da inveja contra o amor de Deus e sua Palavra, pois, o ato de Eva decidir pelo pecado foi despertado por inveja contra o Deus e Adão, buscando autonomia e poder (da mesma forma que o anjo rebelde nos céus com inveja do Altíssimo). Rejeitou a submissão, da mesma forma que os anjos nos céus e todos os descendentes de Adão e Eva nascem em pecado, da mesma forma que todos os seguidores da rebelião nos céus contra Deus.
Creio que este foi um momento terrível dentro da eternidade pois não temos a dimensão do poder que envolve tudo isso.
Um Tsunami ou este planeta explodindo completamente seria uma gota do que ocorreu nessa ruptura de poderes terríveis.
Adão é o resgate do corpo da mulher, da mesma forma que Cristo é o resgate do Corpo da Igreja, sua esposa.
Romanos 5:14, diz: " No entanto, a morte reinou desde Adão até Moisés, até sobre aqueles que não tinham pecado à semelhança da transgressão de Adão, o qual é a figura daquele que havia de vir."
Adão comeu do fruto e ele é referido como a figura de Cristo. Se Adão caiu por que seria ele figura de Cristo? Seria insensato e incoerente.
Por isso, o resgate do corpo, o resgate da mulher, o resgate da igreja. É uma coisa só.
Senão, Adão poderia dizer para Eva: "Você seja condenada sozinha, não tenho nada com isso" .
Da mesma forma o Senhor diria para nós: "Que sejam condenados, não tenho nada com isso".
Qual o momento em que Cristo come do fruto com a igreja pra resgate do corpo?
Resposta: Quando nasce neste mundo em corpo carnal, morrendo por ela, sua Igreja, seu Corpo.
Quando o Senhor nasceu neste mundo, Ele morreu. A glória foi revestida da morte.
O Senhor aniquila-se quando se reveste do corpo carnal, que é o corpo do pecado, corpo da morte, corpo de corrupção, em que a igreja escrava e oculta está escravizada e morta em trevas espirituais. O corpo carnal, sua vaidade e concupiscência é segundo Satanás. Mas, o Senhor, nasce, morre e ressuscita vitorioso.
Filipenses 2:
" 6 - Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
7 - Mas esvaziou-se (outras traduções escrevem "aniquilou-se) a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
8 - E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz."

A amada Igreja, então, começa surgir gloriosa para seu esposo.
Assim, essa submissão, não vem, conforme entendimento natural, de uma violência contra a mulher.
A primeira violência que gerou a queda de toda a humanidade (figura do que ocorreu nos céus) foi através da mulher Eva. Por isso, a serpente, ao invés de falar com o cabeça (homem), foi falar com o corpo (mulher). Nos céus, a rebelião começou de um falando com os anjos, não com o cabeça dos anjos.
As verdades espirituais são imutáveis e eternas, por isso, nesse nascer de novo que foi concedido, devemos buscar, sem exceção, homens e mulheres, submissão plena debaixo da potente mão do Senhor, mas, também, viver conforme as verdades etrenas que nos são ensinadas, para que não haja desvio. Se ocorre o desvio, consequentemente, o Corpo de Cristo perde a cabeça e se torna rebeldemente independente e livre para fazer o que bem entende, pois, conforme o jargão, do mundo: as mulheres finalmente conquistaram a independência dos homens; a liberdade feminina; a mulher independente, dona do seu espaço;. a autonomia feminina. Essas coisas que ocorrem no curso do mundo tem sentido para as coisas que envolvem os filhos de Deus, se seguirem esse mesmo espírito do mundo, que é segundo as astúcias de Satanás. O crente não anda segundo o curso do espírito deste mundo, anda segundo o Espírito de Deus. (Efésios 2)
Uma multidão, que se considera corpo de Cristo, pode estar vivendo sem sem cabeça (isso é notório), porque vivem pelas suas próprias doutrinas, conforme as coceiras nos ouvidos e seus próprios interesses, torna-se corpo de prostituição, corrompido e, Corpo de Cristo, não vive para outros homens, mas, unicamente, para a glória do esposo, que é Cristo. ( não conforme a doutrina de Cristo, que é a doutrina dos apóstolos do Cordeiro, a única deixada para a Igreja ),
É comum ouvirmos, quando se referem à congregações: Vou lá porque tem música; vou lá porque tem jovens bonitos; vou lá porque tem orquestra; vou lá porque uso a roupa que EU quero; vou lá porque tem gente rica; vou lá porque só tem próspero financeiramente; vou lá porque preciso cantar mais; vou lá porque o pastor é bonito; vou lá porque tem pastora e não gosto de igreja com pastor; vou lá porque o pastor é gay; vou lá porque pode dançar axé e funk; vou lá porque tem ringue de luta no salão da igreja; vou lá porque não falam do pecado só alegria; vou lá porque as mulheres são maioria;...
Enfim, esses e tantos outros motivos fazem parte daqueles que estão andando conforme o curso do espírito do mundo, segundo as coceiras nos ouvidos e não segundo a única doutrina de Cristo.
Este breve texto traz mais uma parte sobre a mulher, segundo a Bíblia.
Em parte é isso.
Paz ao coração dos filhos.
sergio l brandao

Nenhum comentário: