7 de maio de 2012

VASO PARA HONRA


"... Levanta-te, e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas palavras...”.(Jeremias  18:2)






Quando meditamos nessa Palavra,  observamos a forma especial,  pela qual o nosso Deus falou ao profeta Jeremias.

Poderia ter falado simplesmente e ter passado a mensagem, mas nos é revelado que Deus  o levou à casa do oleiro para observar o seu trabalho...

E o profeta, ao ver aquela obra, especificamente o vaso se quebrando nas mãos do seu construtor, observou que o vaso foi reconstruído,  da maneira que o agradara, “conforme o que pareceu bem aos seus olhos fazer”.

“Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? Diz o Senhor, Eis que, como o barro nas mãos do oleiro, assim sois vós na minha mão...”. (Jeremias 18:6)

Não importa se somos barro, o que importa mesmo é estarmos nas mãos do Senhor, pois quando colocamo-nos em Suas mãos, o barro se transforma em ouro e passamos a ser vasos de ouro para a  Glória de Deus. Aleluia!

Sabemos que o Senhor fez o homem para louvor da sua Glória, e quem conhece a Sua Palavra, reconhece também um vaso de ouro...

Mas, nesses tempos difíceis em que vivemos, mais difícil ainda é encontrar vasos de ouro, pois deparamos a todo momento com vasos de pau e de barro, vasos imundos, sujos, contaminados, que ao invés de glorificar têm desonrado o nome de Deus.

Hoje, da mesma forma, o nosso Deus tem separado alguns  a observar o que está acontecendo, e levar a mesma Palavra aos que estão em falta com Senhor:

“Ora, pois, fala agora aos homens de Judá e aos moradores de Jerusalém, dizendo: Assim diz o Senhor: Eis que estou forjando mal contra vós, e projeto um plano contra vós; convertei-vos, pois agora cada um do seu mau caminho, e melhorai os vossos caminhos e as vossas ações...” Jeremias 18:11)

Como diz a Palavra do Senhor, esses precisam verdadeiramente se arrepender e se converter, necessitando serem quebrados e construídos novamente, conforme parecer bem aos olhos do Oleiro, caso contrário, continuarão sendo barro, imundos e desonrando o nome do nosso Deus, para a perdição eterna.

Que possamos nos colocar diante do Senhor com humildade e dizer: Ah Senhor, purifica-me! Quebra-me, se necessário for. Sei que o Senhor pode fazer de mim um vaso novo, conforme a Tua vontade, um vaso de ouro para honra e glória do Teu Santo Nome. Amém.

“De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra.” (II Timóteo 2:21)

4 comentários:

IRMÃO FABIO disse...

PAZ IRMÃ

DEUS, escolheu neste tempo presente pessoas para fazer jus seu nome santo,E A ESTES CAPACITOU PARA SER instrumento de poder para sua gloria, para que os contradizentes não tenha o que dizer nada contra ele naquele grande dia ,eles não terão como dizer que não foram avisados, amem

vamos caminhando

NILZA COUTINHO disse...

Amém, irmão Fábio!

Bom receber a sua visita.

Que possamos dizer sempre: Eis-nos aqui Senhor, faça de nós "vasos" para glória do Teu Santo Nome.

Saudações, em Cristo, nosso Senhor.

Bia disse...

Graça e paz irmã Nilza.

É maravilhoso estarmos nas mãos do nosso Deus, para sermos moldados segundo sua santa vontade.

"Mas agora, ó Senhor, tu és nosso Pai; nós o barro e tu o nosso oleiro; e todos nós a obra das tuas mãos." Isaías 64:8

Que possamos cada dia mais resplandecer nesse mundo de trevas, sermos o bom sal da terra e dar sempre honra ao nosso Deus.

Deus a abençoe minha amada.
Paz do Senhor Jesus Cristo a voce e aos seus.

NILZA COUTINHO disse...

Amém, irmã Bia, amém.

Sim, irmã, sempre houve um remanescente fiel com coração disposto a fazer a vontade do nosso Deus, falar das Suas grandezas, honrar e glorificar o Seu grande Nome.
Que sejamos sim, vasos para Glória de Deus.

Graça e Paz, querida irmã!

Sempre no amor de Cristo que nunca falha.