quinta-feira, agosto 16

A LONGA JORNADA



OUTRA VEZ  O POVO DE DEUS SOFRE  -  Creio que esta  seja a expressão que resume a atual situação daqueles que estão dentro das igrejas denominacionais, que fazem parte do “sistema religioso”, pensando estar servindo a Deus, mas que na verdade, estão enganados, servindo a “igrejas”, a “homens”, a “políticas”, ao “sistema”, enfim, estão servindo ao inimigo, porque, quem não serve verdadeiramente a Deus, serve-se ao inimigo de Deus (Satanás).

No passado, o povo hebreu sentindo a opressão de Faraó, rei do Egito, clamou ao Senhor e Ele ouviu: “E aconteceu, depois de muitos destes dias, morrendo o rei do Egito, que os filhos de Israel suspiraram por causa da servidão, e clamaram...”  “...E ouviu Deus o seu gemido, e lembrou-se Deus do seu concerto com Abraão, com Isaque e com Jacó; e atentou Deus para os filhos de Israel, e conheceu-os Deus.” (Êxodo 2:23-25)

Hoje, há necessidade urgente do povo de Deus perceber (porque muitos ainda não perceberam) que está sendo  oprimido  dentro dessas denominações religiosas, por vários motivos já conhecidos, tais como: dinheiro, poder, fama e outros fatores que nem sempre são conhecidos... Mas existe um Deus que tudo conhece... Portanto, necessário hoje também, clamar a este mesmo Deus por libertação... 

Muitos já clamaram e Deus sempre ouve o clamor do seu povo.

Por isso vislumbramos com alegria, o começo da libertação do povo de Deus do meio desse “sistema religioso” (do Egito) para serem verdadeiros adoradores e servir, exclusivamente ao Senhor nosso Deus, em espírito e em verdade, como manda a Palavra de Deus. 
Esse processo está acontecendo gradualmente e aqueles que já se libertaram e discerniram a OBRA DO SENHOR, devem colocar-se à disposição para essa Obra, conforme os dons que receberam do Senhor e seus respectivos chamados: seja com a Palavra, seja com orações, discernimento, assistência, etc  e ajudar a esses irmãos que estão saindo do sistema a serem
edificados e fortalecidos na fé e aos ainda cativos, nossos irmãos inocentes, que continuam aprisionados, a enxergarem a verdade.

Nesta jornada, uma coisa é decisiva: OBEDECER AO SENHOR. Há um inimigo furioso que sempre se levanta para impedir, mas devemos ter em mente que o Senhor Jesus é o nosso   Comandante de guerra, e este inimigo já foi vencido por Ele.  Há um deserto para atravessar, mas é no deserto que Senhor ensina,  fala, alimenta o faminto, sacia o coração sedento, usa de misericórdia (Ah! E as misericórdias do Senhor são infinitas), e Ele está sempre por perto, guiando dia e noite.

Sonhava em ver o povo de Deus,  que é a Igreja do Senhor Jesus, gloriosa, vitoriosa, realizando o seu papel aqui na face da terra, fazendo a diferença, ensinando com autoridade o que é verdadeiro. Mostrando realmente a diferença entre o certo e o errado, entre o bem e o mal, entre o santo e o profano, enfim, ensinando a verdadeira PALAVRA DE DEUS... E e o meu sonho se tornou real, porque já está acontecendo, fora do "sistema religioso", é claro.  O Corpo de Cristo está sendo edificado, um remanescente fiel está surgindo para a glória de Deus!
Portanto, "...Estai pois firmes na liberdade com que Cristo nos libertou..."

DESPERTA, desperta, veste-te da tua fortaleza, ó Sião; veste-te dos teus vestidos formosos, ó Jerusalém, cidade santa; porque nunca mais entrará em ti nem circunciso nem imundo.
Sacode o pó, levanta-te, e assenta-te ó Jerusalém, solta-te das ataduras de teu pescoço, ó cativa filha de Sião.
Porque assim diz o Senhor: Por nada fostes vendidos; também sem dinheiro sereis resgatados.
Porque assim diz o Senhor: O meu povo em tempos passados desceu ao Egito, para peregrinar lá, e a Assíria sem razão o oprimiu...
Eis a voz dos teus atalaias! Eles alçam a voz, juntamente exultam; porque olho a olho verão, quando o Senhor voltar à Sião. (Isaias 52)

Nenhum comentário: