sábado, janeiro 18

UM DEUS ZELOSO


A Todo  momento Deus está mostrando o seu zelo para com aqueles que Nele confiam. Assim aconteceram com os homens e mulheres de Deus  desde a criação do mundo, e hoje acontece conosco também.

Acredite, Deus está zelando de você neste exato momento!

Verdade que os filhos de Deus passam por pelejas, provações, tribulações, aflições e outras adversidades na vida, essas coisas fazem parte da caminhada, porém uma coisa é certa: Deus está sempre presente, mostrando saídas, levando por caminho direito, aconselhando e dando livramento.

Conheço uma pessoa que tem estado sob o zelo do Senhor, de uma forma sobrenatural, e se não fosse pelos cuidados do Todo Poderoso, já teria deixado de caminhar.  Mas, pela graça que lhe foi concedida, tem caminhado, sob os cuidados do Deus que zela, confiando a cada dia que Ele é o seu refúgio e fortaleza, socorro bem presente nos momentos de dificuldades.

Compartilho com você  UM CONTO MAGNÍFICO DOS FEITOS DE DEUS, uma das experiências vivida por essa pessoa, (precisamente no Sábado, 21 de dezembro de 2013) para a glória do Senhor, nosso Deus:

Voltava do trabalho, ao anoitecer e foi surpreendida por um forte temporal (chuva, vento e enxurradas) que provocou um grande alagamento na Cidade, onde é peregrina, e muitas  ruas ficaram alagadas, principalmente uma Avenida por onde haveria de passar.  
Tudo parou de funcionar naquele início de noite, inclusive o transito, e também ela se viu parada, num calçadão, na esperança de que a situação se normalizasse para seguir seu caminho de volta para casa.
Mas, à medida em que o tempo passava, a situação se agravava: A chuva continuava forte e a Avenida a qual tinha que atravessar, parecia um rio transbordado de águas, que corriam numa velocidade fenomenal  e ela lá, encharcada da cabeça aos pés, clamando pelo socorro do Senhor.

As horas foram passando e continuava a clamar na certeza de que, o Deus que zela dos seus filhos, (e de suas filhas também) a ajudaria.
Lembrou-se do salmo de Davi: “Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque Tu estás comigo...

A chuva caia sem cessar; as correntezas das águas se fortaleciam; o vento assoviava, como que prenunciando um grande perigo e a angustia começou a tomar conta do seu coração.

Mas, novamente o Senhor derramou, como um bálsamo, sobre seu coração angustiado, as palavras:

 “Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque Tu estás comigo...”

Já era tarde da noite e ela ainda angustiada, mas confiando que o Senhor estaria providenciando o seu resgate e foi então que ele chegou.

Um homem (vestido com uma capa comprida e capacete) surgiu ao seu lado, deixando-a mais assustada do que já estava, que por um momento pensou que seria um assalto...  Mas não... Foi o socorro do Senhor...

E o homem a encarou e disse:

- Você não pode atravessar, pois as correntezas estão fortes...

- Para onde você vai?

Sem saber exatamente o que responder, disse:

- Estou voltando para minha casa, que fica do outro lado da Avenida, mas não posso atravessar...

E ele respondeu:

- Quer ajuda?  Posso carregá-la no colo.

Sentiu-se um pouco constrangida, mas imediatamente lembrou-se que havia pedido socorro ao Senhor e então foi encorajada a responder:

- Sim, preciso de ajuda...  Mas não precisa me carregar no colo.  Você pode de ajudar... Segurando a minha mão.

E ele aproximou-se dela e segurou a  sua mão, firme e adentraram a Avenida inundada pelas águas, e com dificuldade atravessaram, e então, ela se viu do outro lado, tentando certificar-se de que estava em “terra firme”, procurando palavras para agradecer ao rapaz, mas para sua surpresa, ele não estava mais lá, simplesmente, havia desaparecido.

Por um momento ficou a pensar, pasmada, do outro lado da rua, tentando entender se de fato o que havia acontecido era real ou um sonho...  Mas, não foi um sonho, foi um fato real, vivenciado por uma serva do Senhor, que havia se dado conta de que as palavras de agradecimento que estava a procurar, não seriam para o homem, e sim para o Deus vivo, que é o seu refúgio e fortaleza, socorro bem presente...

Naquele exato momento agradeceu ao Senhor seu Deus e temerosa, seguiu o seu caminho de volta para sua casa, aliviada, pois a angustia havia dado lugar a uma profunda sensação de Paz, que não lhe restara dúvida ter vindo do Alto, daquele que é: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade e Príncipe da Paz. Aleluia!

E já estando em seus aposentos, assentada num colchão, num canto de sala, meditando no que havia acontecido, foi novamente agraciada  pela presença do Senhor, trazendo-lhe outra palavra, do alto, do Céu:

“...O anjo do Senhor acampa ao redor dos que o temem, e os livra...”

E finalmente, entendeu que aquele homem, foi o anjo que o Senhor havia enviado para socorrê-la naquele momento de dificuldade. Aleluia! 


E por isso te louvarei Senhor de todo o meu coração...
Louvado seja o meu Deus que é poderoso e tem zelado com grande zelo de mim.

“... Pelo que todo aquele que é santo orará a ti, a tempo de te poder achar; até no transbordar de muitas águas...” (Salmo 32:6).

Grande é o Senhor, e muito digno de louvor, e a sua grandeza inescrutável. (Salmo 145:3)




2 comentários:

Edinêr Brito disse...

Minha irmã Nilza.
As dúvidas que os servos do Criador tem em acreditar nas coisas espirituais são tão grandes, que mesmo sabendo que somos o Tabernáculo do Espírito Santo jogamos fora esta tão preciosa dádiva e vamos busca-Lo exatamente onde mesmo diz que não habita.As coisas físicas continuam nas preferências de muitos.

A paz.

Bia de Jesus disse...

Que lindo testemunho minha irmã, como o Senhor é maravilhoso!
Com certeza era um personagem do céu que lhe deu a mão e lhe ajudou a atravessar a correnteza.
São tantos os perigos nesse mundo, e somos tão frágeis...somente o Senhor é nossa fortaleza e socorro.
Fica na paz do Senhor minha amada.