11 de fevereiro de 2018

E POR QUE ESTAIS TRISTES?

Ele vive. Aleluia!

“E falando eles destas coisas, o mesmo Jesus se apresentou no meio deles, e disse-lhes: Paz seja convosco.

E eles, espantados e atemorizados, pensavam que viam algum espírito.
E Ele lhes disse: Por que estais perturbados, e por que sobem tais pensamentos aos vossos corações?”  ( Lucas 24:36-38)

Esse acontecimento ocorreu logo após a morte do Senhor e os seus seguidores ficaram tristes, desolados e dispersos, ainda não sabiam que Ele tinha ressuscitado; então é narrada a Palavra acima, onde dois dos discípulos de Cristo iam caminhando para a aldeia de Emaus e o Senhor aproximou e ia com eles. Mas os olhos deles estavam como que fechados, para que O não conhecessem.

E O Senhor ainda pergunta: "Que palavras são essas que, caminhando, trocais entre vós, e por que estais tristes? 

Que maravilha, que zelo! O Senhor nunca nos deixa sós, mesmo que não O percebemos, não O vemos (com os olhos da carne), mas Ele sempre aproxima de nós, sabe os nossos pensamentos e conhece a nossa  tristeza. Não sei se para você, mas para mim isso é confortante, é bálsamo para o meu coração.


Muitas vezes é assim conosco também, quando estamos diante de uma grande provação, quando em nós tudo parece perdido, quando perdemos tudo, quando os amigos nos deixam (na verdade os amigos não nos deixam, é o Senhor que faz a separação), quando a família, muitas vezes não está por perto e muitos nos abandonam – (falo por experiência própria) ou quando não se tem auxilio de  alguém para ouvir uma palavra de conforto, que é a Palavra de Deus, entramos em desespero e damos lugar para a tristeza afligir os nossos corações.

Mas o que precisamos mesmo é confiar naquele que anda conosco. Ele nunca nos deixa e nem nos desampara. Assim está escrito.

Mas sabe por que entramos em desespero? Pela dureza dos nossos corações e  porque também não conhecemos o poder de Deus. Temos por hábito esperar no tempo do homem que é errado (o certo é esperar no tempo de Deus). Em situações assim, devemos sempre manter a esperança e confiar Nele, porque disse: Eis que estarei convosco todos os dias. Se Ele disse que estaria, então pronto, Ele está, mesmo que, pela dureza e perturbações dos nossos corações, não O vemos ou sentimos a Sua presença, o nosso dever é confiar.

Além de todos os ensinamentos, podemos observar algo importante para o nosso amadurecimento espiritual, no final desta Palavra, no diálogo entre o Senhor e aqueles Apóstolos. Nos versos 30 e 31 - Lemos:

E aconteceu que, estando com eles à mesa, tomando o pão, o abençoou e partiu-o, e lho deu.

Abriram-se-lhes então os olhos, e o conheceram” (Grifos meus)


Observamos que, os olhos (dos Apóstolos) foram abertos quando estiveram à mesa com o Senhor (Em comunhão)
Antes disso não reconheceram o Senhor, mesmo indo com Ele pelo caminho (de Emaús) e sendo cumprimentado por Ele.


Além de caminhar com o Senhor, devemos ter comunhão, intimidade com Ele. Confiar e conhecer o Poder de Deus, Isso é que faz a diferença.



Nenhum comentário: